Cancelado – Rodeio Indoor Europa em Jaraguá do Sul

O Rodeio Indoor Europa que seria realizado em Jaraguá do Sul foi cancelado

O 1º Rodeio Indoor Europa, que deveria acontecer em Jaraguá do Sul de 7 a 11 de abril, não pode mais ser realizado na Arena Jaraguá nem na cidade. A decisão foi tomada pelo secretário de Administração e Finanças, Ivo Konell (DEM), que é taxativo sobre o assunto. “A Prefeitura não autoriza que o evento aconteça na Arena. Não podemos alugar porque há uma lei municipal que proíbe o uso de animais, de qualquer espécie, em espetáculos como circo e outras apresentações”, garante.

Segundo Konell, não existe nenhum contrato firmado com a empresa Texas Company. “Há apenas uma carta de intenções firmada entre o ex-secretário Ronaldo Raulino e a empresa dizendo que a Prefeitura poderia contribuir com o rodeio. Eles anunciaram, fizeram propaganda, pediram patrocínio por toda a cidade, mas esqueceram do principal, que era firmar um contrato com a Prefeitura”, diz. O secretário Raulino foi afastado do cargo por causa da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Schützenfest, que investiga as contas da festa.

Segundo Konell, consta na carta de intenções que o promotor do evento pede que a Arena seja cedida de graça, que a Prefeitura contribua com segurança, regularização do Ecad e ainda dê subvenção de R$ 50 mil. “Não existe a menor hipótese de que isso aconteça, até porque é um evento particular, com cobrança de ingresso”, fala Konell.

O empresário César Borba confirma que o plano inicial era pedir a subvenção da administração pública em alguns itens, mas que esta ideia já havia sido abandonada. Todo o rodeio seria bancado pelos patrocinadores e investidores particulares, inclusive a locação da Arena. “O problema é que o secretário vetou a locação do ginásio”, reclama. César apresentou ontem um parecer da Procuradoria-geral do Município, solicitado pelo Konell, que aconselha a não dar subvenções, mas diz que não há nenhum problema sobre a locação da Arena.

“Nós temos 26 patrocinadores, 2,7 mil ingressos vendidos, e faltando menos de um mês para o evento. Se existe alguma briga política na cidade, nós não temos nada a ver com isso. Só porque havíamos acertado o rodeio com o Raulino não quer dizer que seja ilegal. Nós não somos a Fábrica do Show e nem isso é a Schützenfest. Meu sócio, Eduardo Lores, veio da Espanha para o evento e foi expulso da Prefeitura por ele (Konell). Nós já nem queremos mais fazer o evento aqui, mas exigimos o mínimo de respeito”, diz.

O empresário diz que vai procurar outra cidade da região que tenha uma estrutura parecida para realizar o rodeio. Ele garante que vai procurar a Justiça para ser ressarcido pelos danos morais e interesses dos patrocinadores.

Mais Rodeios 2018

Atenção: Confirme a programação de shows, local, ingressos e datas dos Rodeios diretamente no site oficial de cada evento, pois as datas e shows são alteradas a cada ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *